Entenda Beyoncé: A poderosa 'Grown Woman'



A rainha: Tema da turnê 2013: 'The Mrs Carter Show'


23/03/2013

E no clima da nova lista da poderosa revista americana Forbes e do que essa mulher tem causado no mundo, resolvemos compartilhar essa bela matéria do site thehonestyhour com nossos leitores. 
Forbes: Beyoncé na lista das MULHERES mais poderosas do mundo 
Repetitivo? Novidade? talvez não para nós, mas vamos relembrar para alguns que se esqueceram quem de fato é Beyoncé para o mundo e para os artistas que se inspiraram nela, sempre confessando humildemente que ficam boquiabertos ao vê-la.

Leia: 


Esta semana, a Forbes revelou sua lista anual das 100 mulheres mais poderosas do mundo, sem surpresa, Beyoncé Knowles Carter se destacou mais uma vez. Liderando a 17ª posição da lista, como a única artista mais poderosa da lista. No Top 20 ela é a única mulher com apenas 31 anos de idade. Você pode se perguntar: "Como ela faz isso?" Bem, a resposta é bastante simples: Beyoncé não é apenas um músico - ela é uma mulher de negócios de classe mundial.

Eu não posso contar quantas vezes eu ouvi a frase "Beyoncé nunca será tão bem sucedida como [inserir nome de outro astro pop feminino aqui]." Como Madonna diria, esta afirmação é bastante ... "redutora." Francamente, sendo uma estrela pop é apenas uma pequena fração da grande força que é Beyoncé.

Quanto ao seu sucesso como artista solo, Beyoncé já recebeu cinco singles número um na Billboard Hot 100, vendeu mais de 100 milhões de discos em todo o mundo, e teve todos os quatro de seus álbuns de estúdio estreando no número 1 na Billboard 200 . Mesmo com um pequeno catálogo de 4 álbuns solo, Beyoncé tem construído um legado sólido como um artista e performer, ganhando o respeito dentro da indústria que muitos de seus contemporâneos ainda não adquiriram.

Segredo do sucesso dessa diva é óbvio: não sendo um caçador de hits. Em vez de gastar dinheiro com álbuns a cada ano e jogando singles contra o vento, ela mantém um equilíbrio com uma variedade de empreendimentos e aguarda o tempo certo para garantir a perfeição em tudo o que ela faz. Quero dizer, de que outra forma você poderia construir um império estimado em US $ 350 milhões de dólares?

O mais recente álbum de Beyoncé, 4 (Four, 2011) estreou no topo da Billboard 200 com 310 mil cópias vendidas em sua primeira semana - sua menor estréia até o momento. Ainda assim, o álbum já mudou de aproximadamente 3 milhões de unidades em todo o mundo desde o seu lançamento em junho 2011, apesar da sua pouca divulgação (devido a grávida de Blue Ivy), de fato devo dizer que tem sido mais difícil para Beyoncé marcar singles de sucesso do que é para outros artistas. Seu último single top dez como o artista principal, "Sweet Dreams",  foi lançado em 2009, enquanto sua aparição em "Telephone", de Lady Gaga. Em 4, seus singles mais bem sucedidos foram  "Best Thing I Never Had"  e  "Love on Top",  atingindo um máximo de número 16 e 20, respectivamente.

No entanto, eu olho para a imagem maior. Beyoncé teve muito ocupada nos últimos anos, incluindo o lançamento de empresas, tornando a própria empresária de sua carreira, e teve um bebê, o tempo todo tentando não perder ritmo. Se Beyoncé realmente tivesse tão preocupada em ser a número um, ela teria simplesmente adaptado o seu som às tendências atuais, em vez de experimentar sons e empurrar o seu estilo a novos limites (como fez com 4' Four e revelou no documentário 'Um álbum atrevido, digno de não ser julgado, por ter vindo de sua suprema escolha de coração). 

Além disso, Beyoncé está em um lugar em sua carreira, onde ela tem que aprender a atender a ampla gama de idades do seu público, enquanto permanecer fiel a si mesma, o que pode ser muito difícil. Seu álbum 4 não era o mais tocado em rádios e sua promoção foi limitada, mas Beyoncé saiu por cima, com todas as coisas consideradas. Nem sempre ela é a artista mais bem sucedida comercialmente, mas ela é muito mais do que singles de sucesso e recordes de vendas.

Desde que dispensou o seu pai Mathew Knowles como seu empresário, Beyoncé assinou um contrato de patrocínio 50 milhões dólares com PepsiCo em que ela tem total controle criativo sobre suas colaborações, surpreendeu no show de intervalo Super Bowl XLVII, estreou seu documentário autobiográfico, Life Is But A Dream pela HBO (batendo record do mais visto dos últimos 10 anos da HBO), foi convidada para um papel no filme de animação, 'Epic',  teve datas de sua atual turnê mundial The Mrs Carter Show esgotados em minutos. Eu mencionei como ela consegue?

Tanto quanto seus esforços filantrópicos, que são imensos, podemos citar os mais recentes. Beyoncé juntou forças recentemente com a Gucci, Salma Hayek e Frida Giannini para co-fundar a campanha de empoderamento feminino 'Chime For Change' organização de caridade. Deu força contra a fome nos EUA junto a mãe Tina Knowles, e a irmã Solange Knowles: Bread Of Life's 'Miss A Meal. Beyoncé também fechou recente parceria com a Goodwill para o BeyGood campanha, que durante shows da turnê ela recolhe bens para caridade em locais selecionados.

E então ela também tem o seu próprio império da moda, a carreira cinematográfica, e as diversas empresas que cabeça. Eu poderia continuar ...

Simplificando, Beyoncé é uma 'Grown Woman' (Mulher adulta) e ela pode fazer o que quiser!

Lembrando: Para os artistas que culpam a idade: Beyoncé chegou a fase adulta, mas passou primeiro pela a adolescência.

E o novo álbum vem aí, vamos nos preparar, afinal, ela vem feroz!


Texto: thehonestyhour, Beyoncé Stars

1 comentários:

Postar um comentário

O que você achou da notícia? Deixe o seu comentário abaixo:

Siga-nos no Instagram

Instagram

Translate


Beyonce on Instagram

 
Support : Twitter
Copyright © 2013. Beyoncé Stars- Sua melhor fonte de notícias - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website | Edited by Beyoncé Gallery